Fechar

Depoimentos

ESTOU EM RECUPERAÇÃO DA DEPENDÊNCIA DE DROGAS

- Sou empresário hoje, estou casado, passei durante quase dez anos no que podemos chamar de inferno da dependência de drogas. Foram anos de sofrimento, loucura e luta desesperada.
 
- Passei por várias tentativas de tratamentos com psicólogos e psiquiatras na procura de liberta-me da dependência da maconha, cocaína, Ácool e bolinhas (analgésicos, calmantes e estimulantes). Finalmente, fui internado no RECANTO RENASCER em Votorantim/SP, onde encontrei a porta de saída para o problema.
 
- Hoje, após vários anos de Recuperação, levo as mensagens e ajudo as pessoas e famílias na luta contra a dependência química. Um belo exemplo de vida.
 
- Você pai ou mãe, você jovem, que tem atravessado esse problema, leia com atenção esse testemunho de vida. Prova concreta de que o amor de Deus, através de Jesus Cristo e a força de vontade, são capazes de abrir as possibilidades para a Recuperação de qualquer dependente de drogas.
 
Recanto Renascer - Quando e de que maneira você se envolveu com drogas?
 
- Eu tinha 15 anos. Morava com minha família em São Paulo, e estava estudando . Era uma Escola Técnica, formada principalmente por alunos adolescentes e de classe média. Lá eu tive meu primeiro contato com as bolinhas (analgésicos, calmantes e estimulantes) e a maconha. Na época eu era um adolescente com dificuldades de relacionamento. Tímido, sentia necessidade de ser aceito pelo grupo de colegas. Ao mesmo tempo me sentia atraído para o convívio com pessoas consideradas de atitudes marginais. 
 
O grupo de colegas na escola era inexperiente no uso de drogas. Começamos a usar juntos, rapazes e moças. A maioria com os mesmos conflitos interiores e familiares. Buscávamos emoções fortes para preencher nossas deficiências como adolescentes. Infelizmente, quando se começa nessa viagem não se pode ver como será o final. E o final é terrível: sofrimento, dependência, loucura e morte.
 
Recanto Renascer - Dá exemplos de acontecimentos marcantes e negativos durante a sua vida de dependente de drogas?
 
- São experiências terríveis, que trazem dor, mal estar e que não desejo para ninguém. Falo sobre elas para ajudar aos pais e jovens que estão vivendo esse problema. Um desses exemplos foi a grande queda do meu rendimento escolar. Aos 15 anos fui classificado em sétimo lugar, entre milhares de candidatos, para a vaga no curso de técnico da Escola Técnica Federal. Era considerado um adolescente produtivo nos estudos. Após dois anos de uso constante de drogas fui expulso (jubilado) da Escola Técnica por ter sido reprovado três vezes seguidas no segundo período do curso.
 
Já não conseguia estudar direito. Minha mente não absorvia as matérias. Outro exemplo, foi a minha primeira entrada na emergência de uma clínica de saúde. Nessa época morava em São Paulo com minha família. Tomei uma dose excessiva de drogas e sofri uma crise de intoxicação. Fui levado ás pressas em estado semiconsciente para essa clínica. Tentativas frustradas de tratamentos com psicólogos e psiquiatras; perseguições da polícia; flagrantes da polícia com ameaças de prisões; roubos e trocas de bens materiais por drogas são outros exemplos malignos em minha vida. 
 
Passava dias de fome, sem dinheiro para comprar comida, mas não passava sem as drogas. Tive várias crises de alucinações ou surtos psiquiátricos. Ouvia vozes e via coisas que não existiam e estava á beira da loucura.
 
Recanto Renascer - Como foi a sua experiência de Recuperação?
 
- Após passar por tentativas de tratamentos cheguei a conclusão de que precisava me isolar dos colegas e do meio em que vivia. O contato com as drogas era diário e muito fácil. Precisava ficar longe de tudo. Além disso, descobri que era um doente, dependente químico, e que não tinha forças nem condições de me recuperar sozinho. Necessitava de um lugar onde pudesse começar tudo de novo. Minha família descobriu uma casa de Recuperação RECANTO RENASCER em Votorantim/SP. O método de tratamento era a boa vontade e a fé no Poder Superior. Fiquei internado durante 06 meses.
 
Durante esse período recuperei o amor e a vida. Descobri realmente quem é Deus, através do amor da Comunidade. Ela me deu o que não possuía. A força para começar uma nova vida.
 
Recanto Renascer - Qual o conselho que você daria para aqueles que desejam se libertar das drogas?
 
- Em primeiro lugar, aquele que usa drogas e não consegue parar, precisa admitir que é um dependente. É um doente que precisa ser tratado contra essa doença. A partir daí serão necessárias duas coisas fundamentais: a força de vontade e a fé no poder Superior. A minha Recuperação são foi possível através desses dois caminhos. Por mais terrível que seja, as prisões e condições de dependência sempre é possível a recuperação. Essa recuperação se dá através de um processo lento de redescobrimento do amor próprio perdido. Não podemos esquecer que a família tem um papel importantíssimo nesse processo. Meus pais me apoiaram muito nessa fase. 
 
Recebi deles e de meus irmãos todo o amor e solidariedade que precisava. Se você está na mesma situação em que eu e minha família estávamos, saiba: existe esperança e solução para você!